Assis encerra mistério e anuncia que Ronaldinho jogará no Grêmio até 2014

Extraído de: Uol   Fevereiro 06, 2012

Ronaldinho Gaúcho jogará no Grêmio até 2014. O anúncio do jogador foi feito nesta tarde em Porto Alegre. Depois de negociar com Palmeiras e Flamengo , além do clube gaúcho, o jogador optou por voltar ao clube que o projetou no futebol. Pelos próximos quatro anos, o craque vestirá a camisa azul, branca e preta e estará, provavelmente, na inauguração do novo estádio gremista, a Arena, prevista para 2012.

O anúncio encerra uma novela que se arrastava há quase um mês, e se tornou ainda mais forte desde o dia 2 de janeiro, quando Ronaldinho desembarcou no Brasil para negociar com Grêmio , Flamengo e Palmeiras .

Apesar de ter uma proposta financeiramente inferior à dos rivais, o Grêmio venceu a disputa pelo gosto pessoal de Ronaldinho. Na última quarta, o meia já tinha declarado sua preferência pelo clube tricolor, e a coletiva desta quinta só atestou a preferência.

Ronaldinho deixou o Grêmio no início de 2001 e a saída não foi nada tranquila. Depois do clube negar R$ 80 milhões vindos do futebol inglês, o meia assinou um pré-contrato com o PSG, da França, e não rendeu praticamente nada aos cofres gremistas. De volta, não há o temor que o público siga magoado.

"O torcedor ficou bravo com a saída dele, um pouco ressentido, mas é o sentimendo da distância, logo passou. Ele estará voltando para sua casa, onde foi criado", disse o presidente Paulo Odone.

Desde quando começou a "novela" Ronaldinho Gaúcho, o torcedor mostrou que realmente perdoou o astro. Tanto que só em dezembro 3,5 mil novos sócios aderiram ao clube. A expectativa é superar os 100 mil até o fim do ano.

A reportagem do UOL Esporte apurou que Ronaldinho receberá cerca de R$ 1,2 milhão por mês. Destes, R$ 300 mil serão pagos pelo Grêmio e o restante virá de ações de marketing e patrocínios. A camisa gremista, inclusive, deve mudar de patrocínio central com a contratação do astro. O Banrisul dará lugar, provavelmente, à Hyundai, que pagará aproximadamente R$ 14 milhões ao clube.

O presidente gremista admitiu que o clube abriu os cofres e pagou para contar com o craque. "É assunto de economia interna, mas arcamos com um valor para o Milan ", revelou Paulo Odone.

Em sua passagem anterior pelo clube, Ronaldinho fez 21 gols e conquistou o Campeonato Gaúcho de 1999 e a Copa Sul do mesmo ano quando, curiosamente, era treinado por Celso Roth, hoje no Internacional . Depois, o astro esteve no PSG até 2003, onde fez 17 gols e conquistou a Copa Intertoto de 2001.

Sua melhor forma, porém, foi no Barcelona , onde ficou até 2008 marcando 70 gols e conquistando dois Campeonatos Espanhóis, uma Liga dos Campeões e duas Super-Copas da Espanha . Seu último momento na Europa foi no Milan , que recebeu o astro até 2010 e contou com 17 gols dele, mas não conquistou títulos.

Pela seleção brasileira, Ronaldinho disputou 21 jogos, com 16 gols, pela equipe olímpica e mais 87 jogos com 32 gols pela profissional. Além do bronze nas Olímpiadas de 2008, o meia venceu a Copa do Mundo de 2002, a Copa das Confederações de 2005 e a Copa América de 1999.

Individualmente, Ronaldinho foi eleito melhor jogador do mundo pela Fifa em 2004 e 2005, além de inúmeros outros prêmios em campeonatos e selecionados em destaque. A estreia do craque pode acontecer no primeiro jogo oficial gremista na temporada, dia 16, contra o Lajeadense, no Olímpico, às 17h. Com quatro anos de contrato, o astro deve estar presente na inauguração da Arena - novo estádio do Grêmio - marcada para 2012.

A CRONOLOGIA DA NOVELA RONALDINHO

Grupo do empresário Roberto Tadeu monta plano e faz a primeira proposta para o Milan . Os italianos seguram o atleta e adiam a volta de Ronaldinho.
Grêmio se junta ao Palmeiras e já mostra otimismo. "O Grêmio quer o Ronaldinho e é um jogador de muita qualidade que estamos contratando, digo, tentando contratar", disse Antônio Vicente Martins, vice de futebol do clube.
Assis fala sobre a negociação da volta de Ronaldinho ao Olímpico: "Fico feliz que exista essa possibilidade de o Ronaldinho voltar para casa"
O Flamengo entra na briga, em silêncio, mas começa a trabalhar em parcerias; ao mesmo tempo, o clube aposta em vantagem do Grêmio .
Renato Gaúcho entra na história e diz que Ronaldinho está 90% certo.
O Milan joga um balde de água fria nos brasileiros e diz que não tem interesse de liberar Ronaldinho Gaúcho antes do fim do contrato, que vai até junho.
O Grêmio toma um susto. Assis diz que "falta muito" para o clube chegar no valor pedido por Ronaldinho, e deixa Fla e Palmeiras como favoritos.
Ronaldinho finalmente deixa a inter -temporada do Milan em Dubai e fica livre para negociar sua volta ao país, mesmo ainda tendo propostas do exterior.
Esperado em São Paulo , Ronaldinho dribla a imprensa e vai ao Rio, dando início à série de desencontros entre Assis, clubes interessados e imprensa.
Emissário do Palmeiras se reúne com Assis e sai animado com a conversa, o que novamente coloca o Palmeiras forte na briga por Ronaldinho.
Após uma reunião com Assis, o Grêmio considera o negócio fechado e só aguarda a rescisão com o Milan para anunciar Ronaldinho Gaúcho.
Assis reúne a imprensa no Copacabana Palace, anuncia a rescisão do contrato com o Milan e confirma que Ronaldinho Gaúcho voltará ao Grêmio após dez anos.
Autor: Bernardo Feital e Marinho Saldanha No Rio de Janeiro e em Porto Alegre


 

 
Deixe seu comentário



Siga o Esporte Brasil
BRASIL
Notícias