Delegado é preso por receber propina do jogo do bicho

Extraído de: Nominuto.com   Junho 09, 2010

Pedro Melo foi preso acusado de corrupão e coação de testemunhas. Ele teria beneficiado o jogo do bicho no município de Jucurutu.

O delegado Pedro Melo do Nascimento foi preso na manhã desta quarta-feira (9) acusado de receber propina para beneficiar o jogo do bicho no município de Jucurutu. Ele foi preso por força de um mandado de prisão preventiva expedido pela juíza Manoela de Alexandre Fernandes. Pedro Melo também responde a outros processos na Corregedoria da Segurança Pública.

De acordo com o secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Cristovam Praxedes, além de receber propina, o delegado passou a coagir as testemunhas do processo em que era investigado.

Estamos procurando fazer com que aqueles que denigrem a imagem da polícia sejam punidos. Vamos cortar na próxima carne aquilo que não nos interessa, disse o secretário.

O delegado geral da Polícia Civil, Elias Nobre, informou que Pedro Melo começou a ser investigado no ano de 2007, quando assumiu a delegacia de Jucurutu. Ele começou a cometer esse tipo de crime logo que chegou ao município. Com isso, o Ministério Público iniciou a investigação, juntamente com a corregedoria, destaca.

Elias Nobre ressaltou que o delegado acusado está sendo acusado de corrupção passiva e coação no curso do processo. Ele teria recebido o dinheiro para fazer vista grossa ao jogo do bicho. Logo depois, passou a ameaçar as testemunhas. Por esse motivo, aliás, a juíza Manoela de Alexandre decidiu expedir o mandado de prisão.

Pedro Melo poderia responder ao processo em liberdade, caso não tivesse coagido pessoas envolvidas no processo. Além desse processo, o delegado respondeu a outros três na Corregedoria da Polícia.

Um deles por agressão, outro por ter cobrado valores indevidos em uma fiança e o terceiro por prender um homem inocente. Neste caso, o preso era homônimo do verdadeiro criminoso e foi detido por engano. No dia em que foi levado à delegacia, o homem acabou cometendo suicídio dentro da delegacia de Caicó.

O fato foi registrado em 2008 e recentemente foi concluído na Corregedoria, que pediu o afastamento do delegado.

Pedro Melo do Nascimento, de 55 anos, é natural do município de Aroeiras, na Paraíba. Ele entrou na Polícia Civil do Rio Grande do Norte em março de 2004. De lá para cá, o delegado atuou nas delegacias de Mossoró, Caicó, Jucurutu, Parelhas, Delegacia da Mulher e, atualmente, estava na DP de Touros.

Ele foi preso a caminho do trabalho, quando foi chamado até a Diretoria da Polícia Civil no Interior. Agora, Pedro Melo está detido em uma carceragem da Delegacia de Capturas.

Autor: Por Thyago Macedo


 

 
Deixe seu comentário



Siga o Esporte Brasil
BRASIL
Notícias