Mãe de Neymar conta que o filho quase morreu aos quatro meses

Extraído de: Globo.com   Abril 26, 2010

Em entrevista ao jornal ‘O Estado de S. Paulo’, Nadine relembra acidente de carro quando o craque era bebê. Mais tarde, ele foi chamado de ladrão

Neymar quase morreu quando era um bebê

Aos 18 anos, Neymar brilha com a camisa do Santos , está perto de ser campeão como profissional pela primeira vez e coleciona um arsenal de dribles para cima dos seus marcadores. Mas o garoto, que hoje esbanja alegria nos gramados e é cotado para ir à Copa do Mundo , poderia ter tido um fim trágico antes mesmo de aprender a andar.

- E pensar que o Juninho quase morreu quando tinha quatro meses... - diz, emocionada, a mãe de Neymar Júnior, o Juninho, em entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo".


Nadine, mãe da maior sensação do futebol brasileiro na atualidade, sofreu um acidente de carro quando o filho ainda era um bebê. Por sorte, Neymar só sofreu pequenas escoriações.


- Ele tinha quatro meses e estava no carro comigo e com o meu marido quando sofremos um acidente. Ele estava deitadinho atrás e, quando batemos, rolou para debaixo do meu banco. Mas Deus estava no controle e só cortou a testa. Meu marido ficou três meses na cama - relembra Nadine.


Acusado de ladrão por pacote de biscoito

 

Neymar deu mais trabalho aos pais quando criança. Certa vez, ainda garoto, ele e outros amigos foram a uma padaria e roubaram um pacote de biscoitos. Ao saber, o então técnico Betinho fez o grupo voltar à loja, pagar e pedir desculpa. Mas não parou por aí. O pai de um dos outros meninos foi até o presidente do Santos e disse "Esse Neymar, que vocês ficam pajeando, é um ladrão". O pai de Neymar ficou revoltado quando soube da acusação.


- Todos estavam envolvidos, mas só foram reclamar do Juninho por pura inveja. Ele era o único a ganhar duas cestas-básicas em vez de uma.

 

Autor: GLOBOESPORTE.COM São Paulo


 

 
Deixe seu comentário



Siga o Esporte Brasil
BRASIL
Notícias