MP/RS investigará gastos de dinheiro público nas obras do entorno do Beira-Rio

Extraído de: futnet   Março 24, 2014

Inter alega que não tem dinheiro para pagar as obras

O Ministério Público do Rio Grande do Sul intimou o Internacional a entregar uma cópia do contrato com a construtora Andrade Gutierrez, responsável pela reforma do Beira-Rio. De acordo com a Procuradoria de Justiça e Defesa do Patrimônio Público, o MP quer averiguar as responsabilidades sobre a obras temporárias para a Copa do Mundo .

-
-
-

O pedido foi feito em uma reunião com o presidente do Internacional , Giovanni Luigi, na Casa Civil do governo estado nesta segunda-feira. De acordo com o MP, o prazo para entrega do documento é de até cinco dias.

O MP gaúcho está se baseando no pedido do Ministério Público Federal contra governo federal, Fifa e COL sobre gastos com dinheiro público. Além do contrato entre empreiteira e clube, a responsabilidade do COL e da Fifa são alvos do Ministério, pois o Colorado alega não ter condições de bancar as obras orçadas em cerca de R$ 30 milhões.

A prefeitura de Porto Alegre e o governo do Rio Grande do Sul também se negaram a arcar com os custos. As estruturas contemplam de detectores de metal até cadeiras, computadores e tendas.

Autor: Por Danilo Cândido de Oliveira


 

 
Deixe seu comentário



Siga o Esporte Brasil
BRASIL
Notícias